Conheça os Artistas de Cristo – Aline Lopes – BombomPostado no dia 31 de outubro de 2012 - Comentários desativados

Ola, eu sou Aline, tenho 25 anos, sou formada em administração de empresas e trabalho no financeiro e Rh de uma rede hoteleira. Faço parte da 1º IEQ de Curitiba, servindo no ministério de Artes e Louvor. Tenho a honra de participar do MAC desde junho de 2011. mas conheço o ministério a muitos anos, pois realizam vários trabalhos com nossa igreja. Meu clown – a Bombom, não ajuda muito, minha contribuição maior e servindo área de musica, da qual sou responsável.

Tive o privilegio de nascer em um lar cristão , e como a minha mãe diz ser criada na igreja – ela conta que andava com um colchão no carro e durante os ensaios e reuniões que meus pais participavam na igreja, me colocavam para dormir entre os bancos no templo.

E essa história toda de musica começou ainda na sua gestação, ela colocava uma “fita K7” de Mozart para a sua barriga – EU =] – ouvir todos os dias, e orava para que a vontade do Senhor fosse feita em minha vida.

E então aos 03 anos cantei pela primeira vez na igreja, o microfone eu e uma boneca na outra mão. Cresci vendo meu pai ministrar louvor na igreja. Nossas ceias de natal em casa parecem uma grande coral, de alguma forma todos tem uma raiz muito forte de musica em minha família.

A igreja sempre desempenhou um papel cultural muito importante, principalmente com relação a musical; e assim Deus me presenteou com excelentes professores ainda quando criança. Lembro–me de nomes como Eloá Jane trabalhando musicalização infantil, Elizeu do Carmo – primeiro maestro, confiou a mim meu primeiro violino e hoje é maestro da Força Aérea Brasileira, Luiz Xavier com teoria musical, musico da Policia aqui do PR e com o auxilio e incentivo deles participei durante um ano da Orquestra Juvenil do Paraná.

Amo tocar meu violino e sonho em aprender tantos outros instrumentos, mas o canto sempre me atraiu de forma particular, os som que um instrumento bem tocado emite é maravilhoso, tanto quanto o canto é necessário aplicação de técnicas e conhecimentos. Entretanto apenas com o canto consigo expressar o que minha alma sente, dizer claramente o que meu coração deseja e a parte que mais amo: dizer ao Senhor de forma bela o quanto Ele é merecedor de toda Gloria e Honra. Entregar novamente o que Ele me deu.

E assim como o teatro, a dança, a pintura, a poesia e tantas outras expressões de arte, a música pode e é usada como grande ESTRATÉGIA para falar sobre o amor do Senhor aos perdidos.

Fazer parte da família artistas de Cristo é mais um dos notáveis presentes que Deus me deu; e porque não unir, música, teatro, dança, poesia, palhaços e sorrisos?

Nem Olhos virão, nem ouvidos ouvirão o que o Senhor preparou para os que o amam.

E não seria eu que limitaria o louvor a Ele através da musica, apenas em nossos momentos de louvor e adoração na igreja, devocional ou roda de amigos. Nosso Deus é muito criativo e apenas precisa que nós nos “posicionemos e sejamos ousados”. Todo o resto Ele fará.

Lembro-me de um período de louvor onde recebi uma palavra de conhecimento sobre um problema de saúde especifico e algumas pessoas foram curadas naquela noite;

Orando uma vez como uma pessoa na rua, senti vontade de cantar para ela, e então ela começou chorar como uma criança e creio que o Senhor revelou seu amor e libertou seu coração naquela noite.

Mas a musica ou qualquer habilidade que eu e você possuímos é apenas musica, o que o Senhor precisa ter por inteiro são nossos corações.

É maravilhoso orar com as crianças após as apresentações, uma experiência que todos deveriam ter, certamente você se apaixonaria por tudo isso e se uniria a gente.

Os pedidos mais recorrentes são vícios dos pais, empregos para as mães; e não estou de forma alguma aqui generalizando ou banalizando os desejos deles, mais gostaria de lembrar que eles são crianças e sua maior preocupação deveria ser se seria escolhido para o próximo time de futebol ou vôlei no intervalo da escola.

E também aprendemos e somos ministradas por elas a cada momento. Meu coração se aquece quando lembro de uma menininha que correu me abraçou e disse: Eu quero orar porque Deus é bom! Junto com um sorriso e um beijo melado era tudo o que eu precisava naquela manhã e é a palavra que gostaria de deixar a você.

Nunca se esqueça. Deus é bom, e merece tudo que você pode dar a Ele.

 

Conhecendo o Artista de Cristo: Math!Postado no dia 04 de setembro de 2012 - 9 comentários

Agora é a vez do Matheus, mais conhecido como Math!

Com 17 anos, está no grupo desde sempre – talvez por ser filho dos diretores! ^^
O nome do seu personagem é Frederico.

O que mais tenho prazer no ministério? Certa vez me perguntaram se eu recebia cachê. Disse “sim” sem pensar duas vezes. Curioso, o menino perguntou a quantia.Respondi “sorrisos. Muitos deles.”. O menino não parece ter entendido, mas pra mim isso fez e faz todo sentido. Estar num grupo missionário/voluntário faz com que achemos outras formas de nos recompensarmos, e definitivamente um sorriso de uma criança é a melhor das recompensas. Mesmo se um dia estou triste ou desanimado e estamos indo para um trabalho,junto todas as minhas forças, oro para que Deus me dê criatividade, coloco meu nariz e meu melhor sorriso e vou.
Missão: Frederico de dia, Batman de noite. Em ambos os turnos minha missão é salvar vidas. No tempo livre faço parte da equipe de marketing e dou oficinas de Clown/Palhaço, Teatro e Teatro de Rua.
Viagem: Acredito que a viagem para o Rio Grande do Sul no começo de 2012 me ajudou acrescer em muitas maneiras. Pessoal, espiritual, e até no modo de tratar os outros! O que mais me lembro – e ainda me emociono – é um trabalho que fizemos numa praça em Porto Alegre. Como sempre, o Frederico foi o último a entrar no ônibus, mesmo com todo o material desmontado. Algumas crianças se juntaram ao redor e algumas brincadeiras surgiram. Eu,como o Batman que sou, comecei a demonstrar todos os meus equipamentos para as crianças,como minha bat-moto invisível, cinto de utilidades que só dá pra ver no escuro e outras coisas.As crianças ficaram fascinadas e naquele momento eu realmente me senti um super-herói para aqueles pequenos imaginativos. Na hora de ir embora, recebi muitos abraços e o mais demorado me marcou. Depois de soltar, o menino (cujo nome me escapa) pediu para que eu fosse visitar ele quando voltasse para a capital gaúcha porquê queria me dar um presente.Só esqueceu-se de dizer onde morava, mas isso é mero detalhe. Para ele, éramos melhores amigos há anos. E eu nunca duvidei disso.

Conhecendo a Artista de Cristo: Fran!Postado no dia 09 de agosto de 2012 - 8 comentários

Olá.. Meu nome é Fran, sou pedagoga por formação e trabalho com educação infantil, no ministério sou mais conhecida como palhaça Tum Tum Bate bate Coração. Tenho 24 anos, há cinco anos estou nos Artistas,  sou líder da área de evangelismo infantil do ministério e faço parte da diretoria.

O que mais tenho prazer no ministério?
1° As estratégias que Deus mostra para levarmos a mensagem de Cristo;
2° Plantar sementes nos corações das crianças como amor, alegria e carinho, vindos de Deus;
3° Desfrutar de uma comunhão entre os participantes do ministério… Vivendo mesmo como uma verdadeira família.
4° Ministrar e ser ainda mais ministrada por Deus;

Minha missão é?
Apresentações em Peças Teatrais, Clow (Palhaço), Malabares, Manipulação de bonecos e disposição (Eis-me aqui, envia –me a mim…Senhor)

A viagem que mais me marcou ?
A cada viagem que realizamos somos ministrados por Deus em cada detalhe. Deus levanta pessoas especiais para nos abençoarem.
Mas para citar uma viagem… A que mais me marcou foi a campanha evangelística rumo a Sengés no interior do Paraná a 231 km de Curitiba…Fomos apoiados pela IEQ local pastoreada pelo casal Luiz Carlos Zacchii e Arlene. Ficamos hospedados na própria igreja,e observamos a dedicação , o esforço em cada detalhe para terminar as obras do banheiro, preparar as refeições, organizar os quartos, e ainda a disposição dos irmãos da igreja em nos acompanhar em todos os evangelismos.
No momento de ir embora, fizemos uma grande roda com todos que estavam envolvidos no projeto. O pastor Luiz Carlos começou a falar palavras proféticas: “Ele disse: – Houve um grande impacto na cidade nestes dias”, mais enquanto ele pronunciava estas palavras chorava muito. E todos começaram a se emocionar, pois muitas foram as vitórias … Deus foi fiel e sempre será fiel até o fim…

Conhecendo a Artista de Cristo: Ale!Postado no dia 08 de agosto de 2012 - 9 comentários

Nome: Alessandra Amaral | Personagem: Palhaça Sol (de Girassol…rs)

Profissão: Secretária executiva, trabalha em um Hospital

Quanto tempo está no grupo: 5 anos

O que mais te dá prazer no ministério:
1. Poder ser eu mesma (uma palhaça..rs);
2. A alegria que sentimos;
3. A Alegria que transmitimos;
4. A comunhão entre os componentes;
5. A oportunidade que temos sempre de crescer, com o apoio dos líderes;
6. E principalmente, o fato de ser um instrumento nas mãos de Deus para impactar vidas com formas variadas de arte.

Qual a minha missão dentro do grupo: Gosto de fazer parte do todo, ajudar em tudo que for necessário, pois amo a arte em todos os sentidos. E ainda, sou responsável pela área de dança e faço parte da diretoria do ministério.

Viagem que mais marcou: Acredito que todas são marcantes em alguma coisa, mas quando ministramos pela vez a peça “As Dores do Cordeiro” em São Paulo foi muito bom, fazer algo que eu gosto e de uma forma muito intensa. E outra vez, quando ministramos “As Dores” em Fazenda Rio Grande, pois durante a peça pude sentir o mover de Deus contra todo o mal que havia se levantado contra nossas vidas, e presenciar a batalha e a vitória no mundo espiritual, através da nossa arte, foi M A R A V I L H O S O !!!!

Conhecendo a Artista de Cristo: Anne!Postado no dia 04 de agosto de 2012 - 12 comentários


Oi, eu sou a Annelí, mas dentro dos artistas sou conhecida como MEL (minha personagem), sou a líder da área de teatro e faço parte da diretoria do ministério.
Tenho 25 anos, sou casada como Gui, e estou há um quatro anos no grupo! Profissionalmente sou formada em Marketing, trabalho na área de designer gráfico e marketing.

Para mim o que me dá mais prazer no ministério, é como o Math falou certa vaz: Colocar um sorriso no rostinho das crianças e ter a certeza de que elas encontraram a verdadeira alegria (JESUS).

A minha missão no grupo, além de propagar o evangelho através das Artes, é de trabalhar com TEATRO (desde criação de peça, montagem de figurino, seleção de música e a apresentação em si)

Viagem que mais me marcou foi à viagem para Figueira-PR com o Projeto Lucas.
Foi uma viagem atípica. Fomos com um número reduzido de artistas (inclusive sem os lideres: Dani e Josiel ). Ficamos inseguros quanto a isso, mas Deus se mostrou fiel e fez por nós. A união fez realmente a força (rs), todos trabalharam com o mesmo foco: falar do amor do Pai.
Tivemos a oportunidade de levar os materiais da Sociedade Bíblica e distribuímos muuuuitas bíblias. Pudemos ver os resultados instantâneos das sementes lançadas ali naquele lugar.

Nossa Missão/ Nossa VisãoPostado no dia 20 de agosto de 2010 - 2 comentários

“Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos.
Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.”
I Corintios 9:22

Tocar o que Jesus toca, olhar o que Jesus olha, amar a quem Jesus ama.

O desejo do nosso coração é que a cada vez que abrirmos a nossa boca, cada vez que olharmos na direção de alguém, que passo a passo, viagem após viagem, quando chegarmos em algum lugar, seja Deus em nós a esperança da glória.
Que cada vez que fizermos o que já não se faz e prestarmos atenção em quem está esquecido, que cada vez que tocarmos num rosto em pranto trazendo a esperança para aquela situação, sejam as mãos, a graça e o amor do Pai refletindo em nossas vidas.

Queremos servir e obedecer a Deus.
Queremos viver Sua vontade. Queremos cumprir Seu chamado.
Honrá-Lo com nossa vida, sermos testemunhas vivas.
Queremos supreendê-Lo com a nossa fé.

Queremos todos os dias da nossa vida colocar um sorriso em Deus.
Resumindo, queremos complartilhar o que temos vivido com o Autor e Diretor das nossas vidas.